MP quer facilitar acesso de pedestres ao Cristo Redentor

PNT
Corcovado

Rio de Janeiro – O Ministério Público Federal (MPF) quer garantir o acesso de pessoas que queiram chegar a pé ou de bicicleta ao monumento do Cristo Redentor, no Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro. Atualmente, só é possível visitar o local por meio do Trenzinho do Corcovado ou com a utilização de serviços de vans, que cobram pelo transporte e já incluem na tarifa o valor da entrada, o que torna o passeio mais caro.

O MPF quer que o Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio), que administra o parque, faça trilhas de acesso ao Morro do Corcovado para garantir a chegada de pedestres ao local sem a cobrança da taxa adicional de transporte.

Segundo nota divulgada hoje (6) pelo MPF, o ICMBio tem 15 dias para esclarecer quando fará a abertura de uma trilha entre a localidade conhecida como Paineiras, aos pés do Cristo, e o Complexo do Corcovado.

Em outubro do ano passado, o procurador da República Márcio Barra Lima recomendou que o instituto revisse o plano de manejo do parque quanto à cobrança da taxa de entrada, de forma a garantir que pedestres e ciclistas possam chegar ao monumento sem ter de pagar pela taxa de transporte cobrada pelas vans.

O ICMBio informou que está finalizando o estudo sobre a viabilidade de abrir uma trilha alternativa das Paineiras ao Corcovado. O documento, garantiu o instituto, será apresentado ao MPF no prazo estipulado.

Vladimir Platonow
Repórter da Agência Brasil

Deixe um comentário