Aquecimento global pode alterar as zonas climáticas do planeta

 
 
Meio Ambiente – O desaparecimento de algumas zonas climáticas aumenta o risco de extinção de determinadas espécies vegetais e animais, segundo Jack Williams, geógrafo da Universidade de Wisconsin .

Estudos anteriores já apontavam o risco de extinção de espécies em determinadas áreas, como a floresta nublada da Costa Rica ou a região do Cabo da Boa Esperança, na África do Sul. Este é o primeiro a prever esta mudança em nível global, disse Williams por telefone.

O aquecimento de até 8 graus Celsius em algumas latitudes até o final deste ano deve fazer com que as zonas climáticas se afastem do equador, em direção aos pólos, segundo o estudo.

Até 2010 o aquecimento global pode alterar as zonas climáticas do planeta, levando ao desaparecimento de alguns ambientes polares e montanhosos e ao surgimento de climas desconhecidos nos trópicos.

Ursos polares e focas, que dependem do gelo ártico, podem estar entre as espécies ameaçadas, disse Williams, embora o estudo não tenha tratado especificamente do destino desses animais.

Com o desaparecimento das zonas polares, novas zonas serão criadas em partes do mundo já que estão entre as mais quentes, previu o estudo, usando modelos das mudanças climáticas.

A mudança de temperatura deve ser maior no Ártico e na Antártida porque, sem neve e gelo, a luz do sol deixa de ser derretida e passa a ser absorvida pela água ou a terra, o que acelera o aquecimento.

 

Deixe um comentário