Pico das Agulhas Negras

Governo desapropria imóveis no Parque Nacional do Itatiaia

O governo federal desapropriou dois imóveis rurais que ficavam dentro do Parque Nacional de Itatiaia, na região serrana do Rio. A medida faz parte do processo de regularização fundiária da unidade.

A desapropriação foi feita com recursos do Orçamento Geral da União no valor total R$ 332 mil, sendo 200,8 mil para um imóvel e 131,2 mil para o outro. Agora, a titularidade das terras passa para o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que administra o parque.

O presidente do ICMBio, Rômulo Mello, afirmou que mais da metade da área do parque ainda precisa ser legalizada. Segundo ele, dos mais de 78 milhões de hectares ocupados por unidades de conservação federais, quase 40 milhões estão na mesma situação do Parque do Itatiaia.

O Itatiaia, fundado em 1937, é o mais antigo parque nacional do Brasil. Na área de 30 mil hectares, se encontra o Pico das Agulhas Negras. A unidade foi incluída recentemente no Programa Turismo nos Parques, uma parceria dos ministérios do Meio Ambiente e Turismo.

Deixe um comentário