Katayama, ex-F-1, sobrevive a acidente no Monte Fuji

Tóquio – O japonês Ukyo Katayama, que disputou 95 GPs da Fórmula 1 entre 1992 e 1997, escapou de um grave acidente nesta sexta-feira, durante uma escalada no Monte Fuji. O ex-piloto, de 46 anos, é um amante do alpinismo e dedica-se à prática desde que deixou as pistas.

Katayama escalava o Monte Fuji com Eiichi Usami e Toshio Horikawa, ambos funcionários de sua empresa. As condições climáticas eram ruins no ponto onde os três estavam, a 2.200 metros de altura, com ventos fortes e temperatura de 25 graus negativos.

Depois de uma tempestade, as barracas onde os dois companheiros de Katayama estavam foram levadas, e o ex-piloto passou a chamar por socorro. Quando foi encontrado, ele afirmou que um dos colegas de escalada havia morrido, e que o outro estava gravemente ferido.

A equipe de resgate ainda procura os dois homens que estavam com o ex-piloto. As buscas são complicadas devido às intempéries na montanha, que tem 3.776 metros.

Deixe um comentário