Meio Ambiente destina R$ 300 mil para parques de Macaé

RIO – O Ministério do Meio Ambiente, através do Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA), vai liberar recursos para o projeto Mosaico Serrano do Médio Macaé. O projeto pre

RIO – O Ministério do Meio Ambiente, através do Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA), vai liberar recursos para o projeto Mosaico Serrano do Médio Macaé. O projeto prevê investimentos de R$ 300 mil para ser aplicado na uniformização de gerenciamentos das Unidades de Conservação da região serrana do município – Parque Municipal do Atalaia e APA do Sana. O anúncio será feito, nesta quinta-feira, pelo secretário municipal de Meio Ambiente, Fernando Marcelo, durante a Feira Macaé Sempre Verde.

A primeira parcela dos recursos foi liberada este mês para a Fundação Bio Rio, que executará o projeto. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, o projeto começa nas próximas semanas e, junto com outros seis projetos, será usado como referência pelo Ministério para programas de educação e conservação ambiental. As equipes vão percorrer comunidades e propriedades rurais no entorno do Parque Atalaia e da APA do Sana para conscientizar sobre a importância da conservação ambiental e da criação de corredores ecológicos.

– A idéia é criar um conselho nessas comunidades, envolvendo as unidades de conservação com o dia-a-dia da região serrana. O projeto tem grandes chances de reverter o quadro de problemas gerados pela degradação da Mata Atlântica e que afetam a biodiversidade e a qualidade de vida da população. O Mosaico pretende envolver toda as comunidades dos distritos serranos, entre proprietários, trabalhadores agrícolas e assentados rurais – explicou Fernando Marcelo.

Deixe um comentário