Polícia barra escalada de “homem-aranha” francês no Edifício Itália,

O autodenominado "homem-aranha" francês Alain Robert foi detido pela
Polícia Militar ao tentar escalar a torre do Edifício Itália, no centro
de

O autodenominado "homem-aranha" francês Alain Robert foi detido pela
Polícia Militar ao tentar escalar a torre do Edifício Itália, no centro
de São Paulo, na noite de domingo (24).

Robert, segundo seu site na internet, tem 55 anos e já escalou cerca de
70 monumentos ao redor do mundo. Seu maior feito, segundo o site, foi
ter escalado o Banco Nacional em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos,
para um público de cerca de 100 mil pessoas.

Segundo a Polícia Militar, por volta das 20h30 de ontem, ele se
preparava para escalar a torre do edifício Itália, com 151 metros de
altura, quando foi flagrado por seguranças.

Robert foi encaminhado à 3ª Delegacia de Polícia (Santa Ifigênia). Foi
registrado um termo circunstanciado (uma espécie de boletim de
ocorrência para crimes leves) e ele foi liberado em seguida. O
"homem-aranha" deverá responder por perturbação do sossego e trabalho.

*Síndico*

Segundo o síndico do edifício Itália, Lorenzo Del Maffeo, a escalada do
edifício é permitida mediante um acordo firmado com a administração do
condomínio, que inclui o pagamento de uma apólice de seguro de vida,
acompanhamento do Corpo de Bombeiros e um termo isentando o edifício
Itália de eventuais acidentes.

"Eu nunca vi na vida alguém querer escalar um patrimônio tombado. Pode
ser o melhor do mundo ou quem for. Imagina se esse sujeito cai?", afirmou.

Deixe um comentário