Reaberta a Travessia Rebouças x Maua

Aprovada na última reunião da Câmara Técnica de Montanhismo e Ecoturismo (CTME) do Parque Nacional do Itatiaia, a reabertura da Travessia da Serra Negra, via Aiuruoca, qu

Aprovada na última reunião da Câmara Técnica de Montanhismo e Ecoturismo (CTME) do Parque Nacional do Itatiaia, a reabertura da Travessia da Serra Negra, via Aiuruoca, que foi também aprovada na última reunião do Conselho Consultivo do PNI e já estará reaberta no próximo dia 30 de março. Agora com novo itinerário, a Travessia da Serra Negra sairá do Abrigo Rebouças em direção à Cachoeira do Aiuruoca (que contorna da Pedra do Altar), seguirá à esquerda da cachoeira, via Invernada e Cabanas do Aiuruoca. Dali, segue a tradicional trilha mais antiga com chegada próximo da Cachoeira de Santa Clara, já em Mauá. Esta travessia tem aproximadamente 27 km e o ideal é que seja feita em dois dias. O ponto de  pernoite/acampament o permitido será no local conhecido como Matão, onde ficam as residências do Sr. Anísio e familiares. Para agendar pernoite no local é necessário contatar a Sra. Sônia, através do telefone:   (3… ou o Sr. Marcelo:    (35) 9149-7746         .

Esta travessia vinha sendo discutida há vários meses pela CTME e uma das maiores dificuldades encontradas foi com relação à marcação do novo itinerário via Aiuruoca e o controle de saída dos montanhistas. O GEAN, através do seu presidente Edson F. Santiago, e brigadistas do PNI, conseguiram marcar o novo itinerário. O controle de saída se dará através de um cartão que o grupo receberá no Posto Marcão (portaria do Planalto do Itatiaia) e que será entregue no Posto Avançado de Mauá (diretamente ao funcionário do posto ou através de urna metálica própria se depositado fora do horário de expediente). Este cartão deverá ser entregue até 24 horas após o término da travessia. Este posto se localiza à esquerda da Igreja de São Sebastião, principal da Vila de Visconde de Mauá, em frente ao campo de futebol na chegada à vila. O endereço de lá é Rua Wesceslau Braz, Lote 05, Visconde de Mauá. Sugere-se também que o grupo efetue contato telefônico com o parque visando sua chegada à parte final da travessia.
Abaixo se encontram as diretrizes gerais para abertura das travessias no PNI, modificada recentemente, e as diretrizes específicas da Travessia da Serra Negra e da Ruy Braga, aberta em 2007 e que liga a parte baixa à parte alta do parque.

Daniel Toffoli
Analista Ambiental do PNI
[email protected]

Diretrizes para Realização de Travessias no Parque Nacional do Itatiaia
Travessia da Serra Negra (Rebouças – Santa Clara)
Travessia Ruy Braga (Rebouças Sede)

Diretrizes Gerais

1) A capacidade máxima das Travessias consta nas Diretrizes Específicas de cada uma.

 

2) A realização das Travessias será feita por agendamento, conforme procedimentos descritos abaixo:

a) Alternativa de contato
– via fax pelos telefones (24) 3352 1461/3352 7001;
por email pelo endereço eletrônico parnaitatiaia. [email protected] ;
o endereço para a correspondência postada é: Parque Nacional do Itatiaia Caixa Postal 83657 Itatiaia/RJ CEP 27 580-000.

b) A antecedência mínima para solicitação de reserva é de dez dias úteis em relação à data desejada, com confirmação até cinco dias úteis antes da data desejada.

c) A antecedência máxima para aceitação de agendamento é de trinta dias, devendo ser feita a confirmação até cinco dias úteis antes da data desejada para utilização. A falta de confirmação acarretará na suspensão da reserva.

d) O documento a ser encaminhado ao Parque, com o título AGENDAMENTO DA TRAVESSIA ……..(nome da travessia), deverá conter as seguintes informações: data desejada; número de pessoas; número de dias previsto; nome e CPF do responsável e de todos integrantes do grupo; e identificação da entidade/empresa a que pertence o grupo (se for o caso). No Termo de Responsabilidade, a ser preenchido no Posto Avançado do Planalto Posto Marcão, será incluída a indicação de caráter comercial ou não da atividade.

e) O Setor de Uso Público do Parque, após analisar o pedido, enviará um fax, e-mail ou telefonará à pessoa solicitante, comunicando a aceitação ou não da reserva. Em caso positivo informará o número do agendamento.

f) Para cada pessoa que realizar a travessia será cobrada a taxa diária pelo uso de trilha e, se for o caso, a taxa de pernoite em área livre (camping), segundo os valores praticados na oportunidade da execução da Travessia.

g) O pagamento das taxas e ingressos deverá ser feito integralmente quando da entrada do grupo no PNI pelo Posto Avançado do Planalto Posto Marcão.

 

3) Não há, ainda, a possibilidade de conexão entre as duas travessias.

 

4) Será amplamente divulgado o risco de realizar excursões na estação chuvosa, sendo possível o fechamento das Travessias, neste período, pela ocorrência de precipitações torrenciais. Durante a estação chuvosa, poderá haver redução da capacidade de visitação, em função da avaliação do monitoramento.

 

5) Os responsáveis pelas excursões dos clubes de montanhismo e da AGUIMAN realizarão o registro de ocorrências de indicadores de conservação da trilha. Os relatórios da inspeção comporão o monitoramento das travessias e servirão para ajustar as práticas de conservação, indicando as intervenções necessárias. Além dos relatórios de inspeção, FEMERJ e FEMESP formarão uma base de dados, com alimentação via web, para registro de ocorrências nas Travessias. É recomendável que todos os responsáveis pelos grupos que realizarem as travessias também contribuam para a formação de uma base de dados, relatando ocorrências. As informações levantadas serão repassadas ao Setor de Uso Público do PNI e à Câmara Técnica de Montanhismo e Ecoturismo (CTME), servindo de base para o monitoramento.

 

6) A CTME irá avaliar os dados do monitoramento e definir as estratégias de gestão a serem propostas ao Setor de Uso Público.

 

7) As excursões devem ser limitadas a grupos de 13 pessoas, incluindo o responsável pelo grupo.

 

8) A FEMERJ e a FEMESP apoiarão a equipe do Parque na gestão da Parte Alta, em especial no manejo das Travessias. Este apoio também terá a colaboração do GEAN e da AGUIMAN.

 

 

Diretrizes Específicas

1) Travessia da Serra Negra

 

a) Execução no sentido Rebouças Mauá, com chegada na área de Santa Clara.

b) O itinerário não tem seu início próximo à Pousada Alsene. Ele inicia no Posto Marcão e segue o mesmo caminho que leva à Cachoeira do Aiuruoca, onde inflete na direção geral da calha do Rio Aiuruoca, indo encontrar o antigo itinerário no local onde duas construções de madeira são conhecidas como Cabanas do Aiuruoca. Dali segue o caminho antigo.

c) A capacidade máxima é de 40 (quarenta) pessoas/dia.

d) O local permitido para pernoite é na área conhecida como Matão, onde se situam as residências do Sr Anísio e de seus familiares. (telefones de contato:                 (35) 99…         Sonia e (35) 9149.7746 Marcelo)

e) A Travessia poderá ser feita em até dois dias; ou em um dia, sem pernoite.

f) No Posto Avançado do Planalto Posto Marcão quando do início da Travessia, será entregue um cartão de controle ao responsável pelo grupo. O controle de saída, ou seja, de término de execução da Travessia, será feito mediante a devolução deste cartão de controle no Posto do ICMBio em Visconde de Mauá, diretamente ao funcionário ou, na ausência do mesmo, por depósito em urna existente para tal. A devolução do cartão de controle deverá
ser feita em até 24 horas após a chegada no final da Travessia.

g) O PNI não se responsabiliza pelo agendamento da estadia na área do Sr Anísio. O interessado deverá fazer contato direto para acerto do pernoite, após ter obtido do Setor de Uso Público a autorização para realizar a Travessia.

 

2) Travessia Ruy Braga

a) Execução no sentido Rebouças-Sede, com chegada no Posto da Ponte do
Maromba.

b) A capacidade máxima é de 20 (vinte) pessoas/dia.

c) O pernoite é permitido apenas na área do Abrigo Massena.

d) A Travessia pode ser feita em até dois dias; ou em um dia, sem pernoite.

e) O Condutor deverá informar a chegada do grupo ao vigilante de serviço no Posto do Maromba. Caso a chegada ocorra após às 17 horas a informação deverá ser prestada ao vigilante de serviço no Posto 2, localizado próximo da sede do Parque.

Deixe um comentário