Arquivo da tag: equipamento

Reaproveitando o hidrocamel furado

 O hidro camel pode ser um equipamento bem prático, poupando tempo na hora de se hidratar. Em algumas situações como na pedalada ou escalada pode ser mais difícil beber água sem ele.

Mas quando ele começa a furar ou vazar é que vem a aporrinhação. Descobrir que você está com uma sede danada, o hidro camel vazio e todas as coisas na sua mochila estão molhadas é extremamente irritante.

A primeira opção seria remendar o furo, caso sejam poucos e em fácil localização. Nesse caso a cola utilizada é a cola para vinil. Esta cola é utilizada para reparos em piscinas de plástico e infláveis.

O vinil é quele tipo de plástico que encapávamos o caderno no Jardim da Infância.

Basta arrumar um pedaço de vinil um pouco mais grosso e seguir as instruções da cola. Para garantir um bom serviço, é bom lixar as partes que receberão a cola com uma lixa fina, aplicar o produto e esperar secar o tempo indicado nas instruções antes de unir as duas partes. Atenção pois em lugares de clima muito quente, este tempo é menos de um minuto, ou a cola secará totalmente.

PET Camel

A outra opção é substituir completamente o reservatório de água por uma garrafa de plástico PET. Isto traz algumas vantagens como maior durabilidade, possibilidade de encontrar o material em qualquer país que você estiver e a reciclagem ainda é ecologicamente correta.
No final de uma viagem pode-se simplesmente jogar a garrafa fora para poupar espaço na bagagem. A adaptação é feita somente na tampinha e é muito simples e rápida. Pode-se utilizar outros líquidos, sucos, etc. Caso a garrafa comece a dar gosto na água basta trocá-la.

A desvantagem é que o formato da garrafa é mais desajeitado que o do hidrocamel e ao ir acabando, é necessário assoprar ar para dentro da garrafa para ficar mais fácil a saída do líquido. Mas nada que o preço de um hidrocamel novo que irá furar outra vez e molhando toda a sua mochila naquele frio não justifique o trabalho.

Para furar a tampa aí vão algumas dicas:

1 – Utilize um ferro de solda para que o furo fique bem redondinho e liso.

2 – Cuidado para que o diâmetro do furo fique um pouco menor que o da mangueira. O que fiz ficou com 8 mm e a mangueira tem 9 mm.

3 – Deixe a vedação de borracha da tampa.

4 – Dobre a mangueira ao meio para inserir no furo.

5 – Vire de cabeça pra baixo e teste. Com a válvula da mangueira fechada, aperte a garrafa e veja se há vazamento. Na minha não pingou nenhuma gotinha. Caso seja necessário, faça outra tampinha até que o furo fique na medida certa. Não é necessário vedar o encaixe, mas pode-se tentar com cola de silicone ou fita veda rosca.

Equipamentos de Aventura

Aqui estão alguns dos equipamentos usados nas atividades ao ar livre

 Futura PRO 42A mochila é um dos equipamentos mais importantes em diversas atividades. Seu tamanho vai depender da duração da aventura e da quantidade de equipamento a ser levada.  Um tênis ou bota amaciada e meias são importantes para evitar bolhas nos pés, em algumas trilhas pedregosas, as botas protegem os dedos de topadas. Procure usar um calçado com solado aderente. É imprescindível que o calçado já seja usado e comprovadamente não cause bolhas nem dores nos pés. Para algumas trilhas leves ou caminhadas no litoral pode-se usar sandálias ou papetes.
Faca ou caniveteA faca ou canivete é equipamento obrigatório, você certamente irá precisar disto. Não use facões para abrir picadas ou atalhos em parques nacionais, pois pode ser apreendido.  AnorakAnorak ou capa de chuva. Roupas molhadas podem ser causa de hipotermia. Em locais muito frios ele pode ser usado por cima de um sueter de lã ou polar e uma outra camisa de malha criando assim um bom isolamento térmico e corta vento.
calçaSe você não conhece a trilha ou se sabe que vai enfrentar mato bem fechado, leve calça comprida, protege contra arranhões e picadas. Existem modelos com ziper nas bainhas para que possa tirar e colocar a calça sem ter que tirar o calçado, as já bem conhecidas calças que viram bermudas, calças com reforços de lona nas canelas joelhos e nadegas, etc. O mosquetão é o um dos equipamentos mais usados em escalada e é feito com ligas de alumínio muito leves e resistentes. Existem vário tipos, com travas para fechamento, etc. Cada um tem sua utilidade. Chama-se costura, dois mosquetões sem rosca presos por uma pequena fita usado para escaladas.
  O baudrier ou cadeirinha, é utilizado em escaladas, nele é passada a corda diretamente ou através do mosquetão. Na falta deste equipamento pode-se fazer uma cadeirinha amarrando-se uma corda ou fita tubular de uma forma própria ao redor da cintura e coxas. CordaPara trilhas desconhecidas, ou para aventuras mais arriscadas uma corda de 10 a 30 m e entre 8 e 10 mm de espessura pode ser útil e não chega a ser tão pesada. Pode ajudar em algumas subidas, içar equipamento, atravessar rios, etc. Para uma escalada é usada a corda dinâmica, ou seja, em caso de um queda, ela absorve uma parte do impacto e normalmente possui mais de 50m.
fogareiroPara aventuras com mais de um dia, pode-se levar um fogareiro pequeno com refil de gás e panela para refeições quentes. O ideal é que cada um tenha um kit deste para o preparo das refeições ser mais rápido. LANTERNAUma lanterna quebra um galho quando você ainda está na trilha e escurece. Ela evita que você tenha que ficar queimando suas roupas para fazer tochas e incendiar a floresta. E também possibilita que se caminhe muito mais rápido à noite. Dentre os modelos de lanterna, as mais práticas são as de cabeça que você fique com as mãos livres.
CapaceteO capacete é um equipamento muito importante em várias modalidades de esportes. Na escalada e no ciclismo de forma geral por exemplo, ele é fundamental. Apesar de funcionarem do mesmo jeito, dependendo do esporte, ele pode ter algumas diferenças como aerodinâmica, suporte para lanterna, etc.  Neosphere_-10REG_[1] O saco de dormir é o equipamento quase obrigatório na hora de dormir. Por sua construção, consegue ser extremamente quente com pouco peso e volume.
isolante O isolante é usado para não deixar passar o frio do solo e proporcionar um mínimo de conforto no sono. Muito leve, mas pode ser danificado em trilhas fechadas se carregado do lado de fora da mochila. BússolaA bússola é muito importante para longas travessias. É necessário possuir uma carta da região para que ela seja mais útil. Ou pelo menos saber a direção em que se quer ir.
BarracaA barraca é o abrigo contra o vento, neve e a chuva. Também é proteção contra insetos e pequenos animais. Existem modelos ultra leves para duas pessoas  pesando em torno de 1 quilo até barracas super reforçadas para aguentar ventos ciclônicos com mais de quatro quilos. Para o clima tropical, o importante é verificar a capacidade de resistir às chuvas, medida em coluna d’água . Para o Brasil o ideal é 1500 mm ou maior. Protetor solarO protetor solar é extremamente importante em qualquer atividade ao ar livre. Os montanhistas estão sempre expostos à uma incidência muito grande de radiação UV que pode provocar câncer de pele ou envelhecimento. Também não se esqueça do boné ou chapéu!

Escrito por Junior