Turismo de aventura e ecoturismo terão certificação em 2009

Usar equipamentos adequados é essencial
Foto: Divulgação

É importante nunca viajar sozinho
Foto: Divulgação

O Ministério do Turismo, após considerar o turismo de aventura um segmento prioritário para investimentos no setor, criou em 2006, o Programa Aventura Segura. A ação com duração de 36 meses, terminará em dezembro deste ano e irá certificar 225 empresas e aproximadamente 1,5 mil condutores até o final de 2009. O programa também tem ensinamentos de busca e salvamento.

“Essa mobilização já evidencia uma preocupação com a segurança e, principalmente, com o consumidor”, disse Israel Waligora, presidente da Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (ABETA).

Apesar do país ainda não possuir nenhuma empresa ou profissional com a certificação do Ministério do Turismo, a Abeta preparou uma série de dicas que os consumidores devem seguir para reduzirem os riscos de suas viagens. “Vale a pena seguir algumas orientações para que o passeio não se torne um programa arriscado demais”, alertou Waligora

Dicas – Entre os alertas apontados pela Abeta estão a preocupação com seriedade da empresa ou do autônomo que se está contratando. É importante também verificar se os responsáveis pelas viagens seguem as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e se dispõem de seguro. Além disso, o uso de equipamentos de segurança e o respeito às normas estabelecidas para a realização das atividade são essencial.

Outras dicas da Abeta focam a importância do viajante saber o seu limite, dele se hidratar com frequência, além de levar consigo equipamentos para sobreviência durante os dias de duração da aventura. Mais um importante alerta é: Nunca vá sozinho.

Os 16 destinos turísticos nacionais priorizados nesta fase do Programa Aventura Segura são: Rio de Janeiro, Fortaleza (CE), Bonito (MS), Chapada Diamantina (BA), Chapada dos Veadeiros (GO), Florianópolis (SC), Vale Alto Ribeira (SP), Serra do Cipó (MG), Foz do Iguaçu (PR), Serras Gaúchas (RS), Brotas (SP), Serra dos Órgãos (RJ), Socorro (SP), Manaus (AM), Recife (PE) e Lençóis Maranhenses (MA).

Deixe um comentário