Vale a pena ver de novo? Senado debate lei que regulamenta esportes de aventura

 Nesta quarta-feira (4), às 10h, em Brasília (DF), será discutido um projeto de lei que prevê regulamentaç&atild

 Nesta quarta-feira (4), às 10h, em Brasília (DF), será discutido um projeto de lei que prevê regulamentação de esportes radicais e de aventura, visando diminuir os acidentes que vêm acontecendo nas modalidades.

Entre os assuntos em pauta está a prática de esportes como rapel e bungee jump condicionada à formação dos profissionais e instrutores responsáveis pela montagem e realização dos mesmos, com certificado de um curso específico.

A Comissão de Assuntos Especiais (CAS) já aprovou o projeto do senador Efraim Morais (DEM-PB), que exige selo de qualidade do Inmetro em equipamentos usados em esportes radicais, além de os estabelecimentos responsáveis por essas vendas terem que exigir do comprador o Certificado do Comprador emitido pelo Poder Público ao profissional autônomo ou entidade que promove a prática desses esportes.

Entre os convidados, está Teco Padaratz, bicampeão mundial de surfe e proprietário da licença WCT no Brasil, o presidente da Confederação Brasileira de Surf, Antônio de Barros; o diretor do Departamento de Qualificação, Certificação e de Produção Associada ao Turismo, do Ministério do Turismo, Diogo Demarco; o presidente da Confederação Brasileira de Pára-Quedismo, Jorge Derviche Filho; o diretor do Departamento de Esporte de Base e de Alto Rendimento, do Ministério do Esporte, André Arantes; e o presidente da Confederação Brasileira de Montanhismo e Escalada, Silvério Nery Filho.

Deixe um comentário